Filé Wellington – Galantine de Filet Mignon

10 06 2008

file wellington

<!– @page { margin: 2cm } P { margin-bottom: 0.21cm } –>

Gente, eu fiquei de postar algumas das delícias que tenho aprendido, e esse filé fica simplesmente divino!! Neste caso, ele encontra-se no livro do Cordon Bleu, mas aprendi a fazer com mais detalhes no curso.

Não é uma receita simples, mas também não é nada tão complicado assim, e o resultado final vale a pena!

Então vamos à receita:

INGREDIENTES:

1 peça de filé mignon

100g Manteiga

½ kg de massa folhada pronta

O recheio deste filé é o duxelles de champignon, que leva:

400g de champignon fresco

100g de manteiga

salsinha

100ml de vinho branco seco

100g cebola

Sal

Pimenta do reino

1 ovo pra pincelar

COMO FAZER

PREPARANDO O FILÉ

Tempere o filé com bastante sal e pimenta do reino, fazendo uma crosta e leve a uma frigideira para selar. Sele bem todos os lados, inclusive as extremidades. Deixe esfriar e leve à geladeira até o dia seguinte, para soltar bastante líquido. O ideal é que fique como um rosbife, rosado no meio. Prepare o filé na véspera, pra que ele esfrie bem.

DUXELLES DE CHAMPIGNON

Corte o champignon em cubinhos bem pequenos (vc pode colocar outros tipos de cogumelos também, como shiitake, porto bello, etc, mas sempre frescos)

Corte a cebola, também bem picadinha, e refogue na manteiga. Quando estiver transparente, junte os cogumelos.

Adicione o vinho branco e cozinhe até secar

Adicione a salsa e tempere com sal e pimenta

Reserve.

MONTAGEM

Abra a massa folhada com 0,5cm de espessura (algumas já vem assim, o que é um adianto).

Coloque o duxelles de champignon, de forma que faça uma caminha para o filé.

Antes de colocar o filé, seque ele bem com um papel toalha. Coloque então sobre a cama de champignon, e feche a massa folhada.

Vire para que fique com a emenda para baixo, decore com pedacinhos de massa (dá pra fazer vários desenhos, fica lindo!)

Pincele com uma gema e leve ao forno não muito quente até dourar.

O ideal é servir frio, para que não desmanche ao cortar.

OPÇÕES

Você pode fazer com outros tipos de carne, como frango, porco ou peixe, mas nesse caso, tem que fazer a carne bem passada.

Você pode fazer o filé em porções individuais, com medalhões, fica lindinho!! E neste caso, pode servir quente, porque não tem risco de desmanchar.

DEPOIS É SÓ PARTIR PRO ABRAÇO!!





Livro Cordon Bleu

6 06 2008

Le cordon Bleu - Todas as técnicas culinárias

Gente, to completamente boba com o presente que ganhei de dia dos namorados!!!

Ainda não comentei aqui, mas estou fazendo curso de cozinheiro no Senac, e estou cada vez mais apaixonada pela cozinha! Lá a gente não tem um livro específico, apenas as apostilas das aulas, mas quando perguntamos sobre livros a professora indicou esse, que é simplesmente M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!!

Tá pensando que é apenas um livro de receitas?? É muito mais!! O título já diz : “Le Cordon Bleu: Todas as técnicas culinárias”.

“Le Cordon Bleu” é uma das escolas de culinária mais tradicionais da França, e o Título do livro não mente são TODAS as técnicas culinárias que você puder imaginar!! Como lidar com carnes, aves, peixes, vegetais comuns e exóticos, frutas, etc. E o legal é que não se prende à culinária francesa, tem comidas orientais, como sushi e rolinho primavera, e as coisas são explicadas de modo simples e com muuuitas fotos!! E como extras ainda tem pinceladas históricas sobre origens dos pratos ou dos nomes. Até meu namorado, que nunca entrou na cozinha ficou horas folheando o livro!!

Bem, agora vocês entendem porque ando sumida, tô sem tempo pra nada! E quando chego em casa quero mais é dormir!!

Por hoje é só… Qualquer dia eu coloco uma das receitinhas que fiz lá no curso!

Beijos a todos!